Swedish Portuguese Road Safety Seminar

O CCG esteve no Swedish Portuguese Road Safety.

Foi no dia 14 de abril 2015, que a Embaixada da Suécia, juntamente com a Business Sweden e a Estradas de Portugal, organizaram um seminário sobre a segurança rodoviária em Portugal.

Participantes e oradores

O seminário contou com a participação do Presidente da Estradas de Portugal, António Ramalho; da responsável pela Secção de Segurança Rodoviária na Estradas de Portugal, Ana Tomaz; da Embaixadora da Suécia, Caroline Fleetwood, e da Secretária Comercial da Business Sweden, Jennifer Ekström, assim com a presença de vários peritos em Segurança Rodoviária.

Os oradores da Volvo, Vägverket e VTI relataram as experiências do programa Visão Zero nas estradas na Suécia e quais as realizações para atingir este programa.

Segundo Ana Tomaz, “O próximo desafio de Portugal não é construir estradas novas. É caminhar para a chamada ‘estrada tolerante’, ou seja, com as estradas que temos vamos criar condições para a estrada ser auto-explicativa. Isto significa estar bem sinalizada e bem marcada e com áreas adjacentes livres no caso de haver um despiste, porque o erro humano vai sempre existir”. Para a especialista, o programa Visão Zero deve muito do seu sucesso a uma mudança de foco que Portugal também precisa de fazer. “O que queremos é que a estrada evite o erro humano, ou, não conseguindo, que evite pelo menos a gravidade desse erro humano. É isso que é ser uma estrada tolerante”, acrescentou.

CCG – Fatores Humanos

O CCG esteve representado pela Sandra Mouta, coordenadora do DIA “Perception, Interaction and Usability”. Sandra Mouta participou como oradora na sessão dedicada aos Fatores Humanos. Nesta apresentação foram analisados alguns dos desafios que as novas tecnologias impõem aos utilizadores, aos fabricantes de automóveis e aos gestores das infraestruturas.

Ler Noticia do Evento