Com quase 25 anos de existência, o Centro de Computação Gráfica (CCG) dedica a sua atividade à investigação aplicada e ao desenvolvimento nos domínios das tecnologias da informação, comunicação e eletrónica, bem como às suas aplicações, em contexto nacional e internacional.

O CCG atua de forma autónoma ou em rede, posicionando-nos como interface entre academia e a economia, com base em parcerias estratégicas, através de projetos e serviços como forma de transferência de conhecimento.

Computer Vision | Computer Graphics | Mixed Reality | Computer Sciences | Electronic Engineering | Human Machine Interaction

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/UH4SP_CVIG_3

    Refª: BI/UH4SP_CVIG_3

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto UH4SP: Unified Hub for Smart Plants (projeto nº 017871), financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do COMPETE2020 - Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, nas seguintes condições:

     

    Área científica:  Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE).

     

    Requisitos de admissão:  1. Mestrado em Engenharia Informática, Ciências da Computação, Engenharia Eletrónica ou similar; 2. Experiência anterior em desenvolvimento de software e programação em C/C++ e/ou C# (fator preferencial); 3. Conhecimentos em processamento de imagem são valorizados; 4. Bons conhecimentos de Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades:  Investigação e desenvolvimento em atividades do projeto identificado, em particular, investigação e desenvolvimento de algoritmos e métodos em visão por computador / processamento de imagem para reconhecimento pessoas e veículos.

     

    Legislação aplicável:  A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de trabalho:  O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Doutor Miguel Guevara.

     

    Duração das bolsas:  A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em fevereiro de 2018. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal:  O montante da bolsa será de 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção:  A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do projeto na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade. O processo de seleção dos candidatos será divido em duas fases. A primeira implica uma avaliação do currículo (60% do valor total) para selecionar os candidatos que se deslocam para a fase seguinte; Enquanto a segunda fase consistirá numa entrevista (40% do valor total), com o objetivo de produzir uma lista ordenada dos candidatos, resultando ganhador o candidato que ocupe a primeira posição de acordo com os critérios de seleção acima especificados. O júri reserva-se o direito de anular a chamada se nenhum dos candidatos satisfizer as qualificações especificadas.

     

    Composição do júri de seleção:  Presidente do Júri: Doutor Miguel Guevara Vogais Efetivos: Doutor Luís Magalhães e Doutor Filipe Meneses Vogais Suplentes: Doutora Paula Monteiro e Doutor Luis Amaral 

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:  As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 12/12/2017 a 25/01/2018, indicando a referência BI/UH4SP_CVIG_3.

     

    Guimarães, 12 de dezembro de 2017

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/CHIC_CVIG_04

    Refª: BI/CHIC_CVIG_04

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto CHIC - Cooperative Holistic view on Internet and Content (projeto nº 24498) financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), nas seguintes condições:

     

    Área científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE), Computação Gráfica.

     

    Requisitos de admissão:  − Formação académica ao nível do Mestrado, os candidatos deverão possuir Mestrado ou Mestrado Integrado em Engenharia Informática, Ciências da Computação, Eletrónica e Computadores ou similar; − Experiência em desenvolvimento de software e programação; − Conhecimentos em computação gráfica e/ou processamento de imagem são valorizados; − Dinamismo, pró-atividade e elevado sentido de responsabilidade; − Fluência em Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades:  O candidato selecionado desenvolverá atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito do projeto supramencionado, em especial na atividade de “Desenvolvimento de uma Plataforma para gestão da produção de conteúdos digitais para valorização do livro e ferramentas auxiliares da produção”. Em especifico contribuirá para as tarefas de análise de estado da arte, definição de requisitos e especificações, desenho e conceção da arquitetura da solução, implementação da plataforma e piloto no âmbito da aplicação de conceitos de realidades imersivas ao livro. 

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Doutor Gonzaga Magalhães e Doutor Miguel Guevara.

     

    Duração das bolsas: A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em fevereiro de 2018. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

    Formalização das candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção:  A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.  A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do júri de seleção: 

    Presidente do Júri: Miguel Guevara;

    Vogais efetivos: Luís Gonzaga Magalhães, João Moutinho;

    Vogais suplentes: Emanuel Sousa, Paula Monteiro. 

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 12/12/2017 a 25/01/2018, indicando a referência : BI/CHIC_CVIG_04.

     

     

    Guimarães, 12 de dezembro de 2017

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/CHIC_CVIG_5

    Refª: BI/CHIC_CVIG_5

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto CHIC - Cooperative Holistic view on Internet and Content (projeto nº 24498) financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), nas seguintes condições:

     

    Área científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE), Computação Gráfica.

     

    Requisitos de admissão:  − Formação académica ao nível do Mestrado, os candidatos deverão possuir Mestrado ou Mestrado Integrado em Engenharia Eletrónica, Tecnologia e Arte Digital, Informática ou similar; − Experiência em desenvolvimento de software e programação; − Conhecimentos de eletrónica e experiência em microcontroladores (p.e. Arduíno) são valorizados; − Dinamismo, pró-atividade e criatividade; − Fluência em Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades:  O candidato selecionado desenvolverá atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito do projeto supramencionado, em especial na atividade de “Desenvolvimento de uma Plataforma para gestão da produção de conteúdos digitais para valorização do livro e ferramentas auxiliares da produção”. Em especifico contribuirá para as tarefas de análise de estado da arte, definição de requisitos e especificações, desenho e conceção da arquitetura da solução, implementação da plataforma e piloto no âmbito da aplicação de conceitos de computação física ao livro. 

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Doutor Miguel Guevara e do Doutor Pedro Branco.

     

    Duração das bolsas: A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em fevereiro de 2018. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção:  A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.  A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do júri de seleção: 

    Presidente do Júri: Miguel Guevara;

    Vogais efetivos: Luís Gonzaga Magalhães, Pedro Branco;

    Vogais suplentes: Emanuel Sousa, João Moutinho. 

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 12/12/2017 a 25/01/2018, indicando a referência: BI/CHIC_CVIG_5.

     

    Guimarães, 12 de dezembro de 2017

  • 2 Bolsas de Investigação (BI) | Refª: BI/AGATHA_06/2017

    Refª: BI/AGATHA_06/2017

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 2 Bolsas de Investigação (BI) no âmbito do projeto AGATHA: Sistema inteligente de análise de fontes de informação abertas para vigilância/controlo da criminalidade (projeto nº 18022), financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do COMPETE2020 - Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e Lisboa 2020 - Programa Operacional Regional de Lisboa 2014-2020, nas seguintes condições:

     

    Área Científica:  Computer Vision, Pattern Recognition, Machine (Deep) Learning, Artificial Intelligence.

     

    Requisitos de admissão:  Mestre em Engenharia Informática, Ciências da Computação, Engenharia Eletrónica ou áreas afins. São condições preferenciais para a avaliação dos candidatos: 1) Experiência/conhecimentos prévios em processamento e análise de imagem; 2) Experiência/conhecimentos prévios em pattern recognitionmachine (deep) learning e inteligência artificial; 3) Experiência/conhecimentos prévios em linguagens de programação (C++, Python) e pacotes de programação (OpenCV, MATLAB); 4) Domínio da Língua Inglesa.

     

    Plano de atividades:  Tem-se vindo a verificar nos últimos anos um crescente aumento da utilização de meios de comunicação digitais e a presença na web, que servem hoje de suporte a muitas operações quotidianas. Embora estas tecnologias tenham trazido grandes benefícios, verifica-se também a sua utilização para fins ilícitos ou planeamento de atividades de criminalidade organizada, que ameaçam os cidadãos, empresas, governos e infraestruturas criticas. Uma das vertentes associadas a estas atividades e a distribuição de conteúdo online ilegal (material de abuso sexual de menores, incitação ao odio racial, incitamento de atos terroristas e glorificação da violência, terrorismo, etc.). Com este projeto pretende-se desenvolver uma ferramenta, dirigidas as polícias de investigação criminal e serviços de inteligência, que facilite a recolha de indícios de práticas criminosas. Ou seja, será desenvolvida uma plataforma que utilize toda a informação disponível em fontes abertas e procedera a uma análise automática dessa informação. Estas fontes de informação incluem as redes sociais, fóruns, imagens, informação da blogosfera, fontes de informação presentes na web, e meios de difusão na web como radio ou TV. Para tal, serão desenvolvidas ferramentas que permitirão a análise automática de conteúdos em diversos formatos (vídeo/imagem, áudio, voz e texto), obtidos a partir de um módulo de aquisição de dados, munido de algoritmos de crawling e data mining, que recolherá estes conteúdos de forma seletiva e direcionada. Pretende-se detetar objetos específicos, identificar intervenientes por reconhecimento facial e de voz, e analisar texto publicado. O sistema será munido de capacidades de classificação e segmentação semântica (para deteção de tópicos, diálogos e extração de entidades mencionadas) e incorporara um sistema de visualização de dados que apresentara a informação de forma relacionada.

    Em específico o bolseiro ira trabalhar nas seguintes tarefas/atividades: 1. Análise de fontes de informação abertas para vigilância/controlo de criminalidade. 2. Atividades de investigação aplicada, nomeadamente, desenvolvimento de algoritmos e métodos de análise de imagem/vídeo, com base em técnicas de processamento de imagem e Deep (Feature) Learning. 

     

    Legislação aplicável:  A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de trabalho:  O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Prof. Dr. Miguel A. Guevara Lopez.

     

    Duração da bolsa:  A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto para Janeiro de 2018. O contrato de bolsa poderá ser renovado no máximo até à data de conclusão do projeto.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal:  O montante da bolsa será de 980,00€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção:  A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do projeto na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.  A seleção do candidato será divida em duas fases. A primeira implica uma avaliação do currículo (60% do valor total) para selecionar os candidatos que se deslocam para a fase seguinte; Enquanto a segunda fase consistirá numa entrevista (40% do valor total), com o objetivo de produzir uma lista ordenada dos candidatos, resultando ganhador o candidato que ocupe a primeira posição de acordo com os critérios de seleção acima especificados. O júri reserva-se o direito de anular a chamada se nenhum dos candidatos satisfizer as qualificações especificadas.

     

    Composição do júri de seleção:  O Júri estará composto por os professores Miguel Guevara (no papel de presidente do Júri), Luis Magalhães e Luis Amaral (no papel de vogais) e os professores Filipe Meneses e Ricardo Machado (no papel de vogais suplentes).

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados:  Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:  As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 30/11/2017 a 05/01/2018, indicando a referência BI/AGATHA_06/2017.

     

    Guimarães, 30 de novembro de 2017

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/AGATHA_03/2017

    Refª: BI/AGATHA_03/2017

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto nº: 010822, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do COMPETE2020 - Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e Lisboa 2020 - Programa Operacional Regional de Lisboa 2014-2020, nas seguintes condições: 

     

    Título:  AGATHA: Sistema inteligente de análise de fontes de informação abertas para vigilância/controlo da criminalidade.

     

    Área científica:  Computer Vision, Pattern Recognition - Machine (Deep) Learning, Artificial Intelligence. 

     

    Requisitos de admissão:  Doutorado em Engenharia Informática, Ciências da Computação, Engenharia Eletrónica ou áreas afins. São condições preferenciais para a avaliação dos candidatos: 1) Experiência/conhecimentos prévios em processamento e análise de imagem; 2) Experiência/conhecimentos prévios em pattern recognitionmachine (deep) learning e inteligência artificial; 3) Experiência/conhecimentos prévios em programação (C++, Python, OpenCV, MATLAB, Deep learning tools); 4) Autoria de publicações técnico-científicas na área do concurso; 5) Domínio da Língua Inglesa.

     

    Plano de atividades:  Tem-se vindo a verificar nos últimos anos um crescente aumento da utilização de meios de comunicação digitais e a presença na web, que servem hoje de suporte a muitas operações quotidianas. Embora estas tecnologias tenham trazido grandes benefícios, verifica-se também a sua utilização para fins ilícitos ou planeamento de atividades de criminalidade organizada, que ameaçam os cidadãos, empresas, governos e infraestruturas criticas. Uma das vertentes associadas a estas atividades e a distribuição de conteúdo online ilegal (material de abuso sexual de menores, incitação ao odio racial, incitamento de atos terroristas e glorificação da violência, terrorismo, etc.). Com este projeto pretende-se desenvolver uma ferramenta, dirigidas as polícias de investigação criminal e serviços de inteligência, que facilite a recolha de indícios de práticas criminosas. Ou seja, será desenvolvida uma plataforma que utilize toda a informação disponível em fontes abertas e procedera a uma análise automática dessa informação. Estas fontes de informação incluem as redes sociais, fóruns, imagens, informação da blogosfera, fontes de informação presentes na web, e meios de difusão na web como radio ou TV. Para tal, serão desenvolvidas ferramentas que permitirão a análise automática de conteúdos em diversos formatos (vídeo/imagem, áudio, voz e texto), obtidos a partir de um módulo de aquisição de dados, munido de algoritmos de crawling e data mining, que recolhera estes conteúdos de forma seletiva e direcionada. Pretende-se detetar objetos específicos, identificar intervenientes por reconhecimento facial e de voz, e analisar texto publicado. O sistema será munido de capacidades de classificação e segmentação semântica (para deteção de tópicos, diálogos e extração de entidades mencionadas) e incorporara um sistema de visualização de dados que apresentara a informação de forma relacionada.

     

    Em específico o bolseiro ira trabalhar nas seguintes tarefas/atividades: 1. Análise de fontes de informação abertas para vigilância/controlo de criminalidade. 2. Atividades de investigação aplicada, nomeadamente, desenvolvimento de algoritmos e métodos de análise de imagem/vídeo, com base em técnicas de processamento de imagem e Machine (Deep) Learning.  3. Coorientação de bolseiros de investigação.

     

    Orientação científica: Prof. Dr. Miguel A. Guevara Lopez e Prof. Dr. Luis Magalhães

     

    Legislação aplicável:  A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica. 

     

    Local de trabalho:  O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, Campus de Azurém - Universidade do Minho.

     

    Duração das bolsas:  Duração de 12 meses, com início previsto em fevereiro de 2018, eventualmente renovável até o fim do projeto, em regime de exclusividade, conforme regulamento de formação avançada de recursos humanos da FCT em vigor e, regulamento de bolsas do CCG.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal:  O montante da bolsa será definido consoante a formação académica do candidato e conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das candidaturas:  Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

    Métodos de seleção:  A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do projeto na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.  A seleção do candidato será divida em duas fases. A primeira implica uma avaliação do currículo (60% do valor total) para selecionar os candidatos que se deslocam para a fase seguinte; enquanto a segunda fase consistirá numa entrevista (40% do valor total), com o objetivo de produzir uma lista ordenada dos candidatos, resultando ganhador o candidato que ocupe a primeira posição de acordo com os critérios de seleção acima especificados. O júri reserva-se o direito de anular a chamada se nenhum dos candidatos satisfizer as qualificações especificadas.

     

    Composição do júri de seleção:  O Júri estará composto por os professores Miguel Guevara (no papel de presidente do Júri), Luis Magalhães e Luis Amaral (no papel de vogais) e os professores Filipe Meneses e Ricardo Machado (no papel de vogais suplentes).

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados:  Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email. 

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas:  As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 12/12/2017 a 11/01/2018, indicando a referência BI/AGATHA_03/2017.

     

    Guimarães, 12 de dezembro de 2017

Software Engineering

Information systems

  • 2 Bolsas de Investigação (BI) no âmbito do projeto UH4SP: Unified Hub 4 Smart Plants. Refª: BI/UH4SP_EPMQ_7
    Refª: BI/UH4SP_EPMQ_7

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 2 Bolsas de Investigação (BI) no âmbito do projeto UH4SP: Unified Hub 4 Smart Plants, projeto nº 017871, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do COMPETE2020 Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE).

     

    Requisitos de admissão:

    Formação académica concluída ao nível de Mestrado Integrado (ou percurso 3+2 alternativo e funcionalmente equivalente) na área da Engenharia Informática Industrial (informática e computação, eletrotécnica e computadores, computadores e telemática e afins);

    Dinamismo, pró-atividade e elevado sentido de responsabilidade;

    Bons conhecimentos de desenvolvimento de sistemas distribuídos;

    Bons conhecimentos de arquiteturas de software orientadas aos serviços (SOA);

    Bons conhecimentos de mecanismos de interoperabilidade de dados e de informação em ambientes industriais;

    Bons conhecimentos de leitura, escrita e oralidade em Inglês técnico.

     

    Plano de atividades:

    Desenvolvimento da plataforma

    Desenvolvimento das ferramentas de apoio ao desenvolvimento e deployment

    Desenvolvimento da camada de integração entre a plataforma e serviços desenvolvidos

    Integração da plataforma com ferramentas de apoio ao desenvolvimento e deployment

    Integração da plataforma com serviços de software

    Testes à plataforma de gestão

    Testes à camada de integração entre a plataforma e os serviços

    Testes à integração da plataforma com os serviços

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica da professora Helena Rodrigues.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 8 meses, com início previsto em Janeiro de 2018.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Professora Helena Rodrigues

    Vogais Efetivos: Professor Ricardo J. Machado e Maribel Santos

    Vogais suplentes: Carlos Salgado e Paula Monteiro

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 09/11/2017 a 07/12/2017, indicando a referência BI/UH4SP_EPMQ_7.

     

    Guimarães, 14 de novembro de 2017

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto “TexBoost – Less Commodities more Specialities”. Refª: BIM/TexBoost_EPMQ_08/2017

    Refª: BIM/TexBoost_EPMQ_08/2017

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto “TexBoost – Less Commodities more Specialities” (projeto nº 24523), financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), nas seguintes condições:



    Main Research Field: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE).

     

    Requisitos de admissão:

    Formação académica ao nível do Mestrado, concluída, na área de Engenharia de Sistemas de Informação, ou áreas afins;

    Dinamismo, pró-atividade e elevado sentido de responsabilidade;

    Bons conhecimentos de tecnologias de implementação de sistemas de dados;

    Bons conhecimentos de análise inteligente de dados, nas vertentes de: business intelligence (data mining, machine learning, previsão e sistemas de apoio à decisão);

    Bons conhecimentos de leitura, escrita e oralidade em Inglês técnico.

     

    Plano de atividades:

    Estudos Preliminares (científico) e prática (tecnológico) em ferramentas inteligentes de engenharia inversa de tecidos;

    Desenvolvimento e/ou customização de software para suportar uma análise inteligente de dados.

    Condução de experiências computacionais com métodos de análise inteligente de dados.

    Escrita de documentos técnicos e científicos.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto, e o Regulamento de Bolsas do Centro de Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em dezembro de 2017.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://alfa.fct.mctes.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Prof. Paulo Cortez

    Vogais Efetivos: Professores Maribel Santos, Ricardo J. Machado

    Vogais suplentes: Professora Ana Alice Baptista e Paula Monteiro

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 26/10/2017 a 24/11/2017, indicando a referência BIM/ TexBoost_EPMQ_08/2017.

     

    Guimarães, 16 de novembro de 2017

     

Mobile Computing

  • 2 Bolsas de Investigação (BI) no âmbito do projeto C4S. Refª: BIM_UMC/C4S_07/2017

    Refª: BIM_UMC/C4S_07/2017

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 2 Bolsas de Investigação (BI) no âmbito do projeto C4S - Connected Concessions and Citizen Centric Services, nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Sistemas de Informação, computação móvel.

     

    Requisitos de admissão: Os candidatos deverão possuir Licenciatura em Engenharia Informática, Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação, Sistemas de Informação ou área afim. Será dada prioridade a candidatos com experiência em:

      1. Experiência e conhecimentos em desenvolvimento de aplicação móveis (Android);
      2. Experiência e conhecimentos de programação em Java;
      3. Conhecimentos em utilização de bases de dados

     

    Plano de atividades: O projecto “C4S -Connected Concessions and Citizen Centric Services” inclui o desenvolvimento de uma solução para aferir a qualidade de serviço prestado pelos operadores de transportes públicos. O trabalho a desenvolver no âmbito desta bolsa está focado no desenvolvimento de uma aplicação móvel e análise dos dados recolhidos.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica e o Regulamento de Bolsas do Centro de Computação Gráfica em vigor.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Doutor Adriano Moreira.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em dezembro de 2017. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 745€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista. O júri reserva-se o direito de não atribuir a bolsa no caso de não se apresentarem a concurso candidatos com o perfil adequado.

     

    Composição do Júri de Seleção: O Júri é composto por Filipe Meneses (Presidente), Prof. Adriano Moreira (vogal efetivo), Prof. Helena Rodrigues (vogal efetivo), Prof. Maribel Santos (suplente), Paula Monteiro (suplente).

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  06/11/2017 a 05/12/2017, indicando a referência BIM_UMC/C4S_07/2017.

     

    Guimarães, 14 de novembro de 2017