Com 25 anos de existência, o Centro de Computação Gráfica (CCG) dedica a sua atividade à investigação aplicada e ao desenvolvimento nos domínios das tecnologias da informação, comunicação e eletrónica, bem como às suas aplicações, em contexto nacional e internacional.

O CCG atua de forma autónoma ou em rede, posicionando-nos como interface entre academia e a economia, com base em parcerias estratégicas, através de projetos e serviços como forma de transferência de conhecimento.

Computer Vision | Computer Graphics | Mixed Reality | Computer Sciences | Electronic Engineering | Human Machine Interaction

  • Refª: CT_CVIG_01/19

    Refª: CT_CVIG_01/19

    O Centro de Computação Gráfica tem a intenção de identificar potenciais interessados para 2 ou 3 postos de trabalho (contrato a termo certo), em funções de “Técnico de Desenvolvimento Senior” dependendo das qualificações dos candidatos, para trabalhar em projetos a decorrer no Departamento de Computer Vision, Interaction and Graphics, nas seguintes condições:

     

    Áreas Científicas:

                    - Computer Vision, Pattern Recognition - Machine (Deep) Learning, Artificial Intelligence, Virtual and Augmented Reality, Human Computer Interaction, Computer Graphics.

     

    Requisitos de admissão:

                    - Formação superior em Engenharia Informática, Automação, Engenharia Eletrónica ou áreas afins. Será dada prioridade a candidatos detentores de doutoramento ou mestrado. Os candidatos deverão ainda manifestar potencial ou ser possuidores de um curriculum com competências em alguma das áreas científicas acima referidas (por exemplo, participação em projetos financiados e publicações científicas).

     

    Descrição da Função:

    - Desenvolver atividades de investigação aplicada e transferência de tecnologias nas áreas científicas acima referidas.

     

    Local de Trabalho:

    - O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica (Departamento de “Computer Vision, Interection and Graphics”), sede em Guimarães, Campus de Azurém, Universidade do Minho.

     

    Duração do Contrato (opcional):

    - O contrato terá uma duração inicial de 12 meses, com início previsto no mês de fevereiro de 2019. Dependendo do desempenho do candidato o contrato poderá ser renovado.

     

    Valor do vencimento: O valor do vencimento será definido consoante as competências e a formação/grau académico do candidato.

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto de 17/01/2019 a 30/01/2019, indicando a referência CT_CVIG_01/19.

     

    Guimarães, 17 de janeiro de 2019

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/I4M_CVIG_03

    Refª: BI/I4M_CVIG_03

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto “Intelligent 4D Moulds” (projecto nº 33625) financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do COMPETE2020 - Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, nas seguintes condições:

     

    Área Científica:

    TICE – Tecnologias da Informação, Comunicações e Eletrónica;

     

    Requisitos de admissão:

                    Formação Superior (Licenciatura) em Engenharia Eletrónica e computadores, Informática ou similar. São condições preferenciais para a avaliação dos candidatos:

    1)      Experiência/conhecimentos prévios em desenvolvimento de software e programação em C; C++;

    2)      Experiência/conhecimentos prévios de Processamento de Imagem;

    3)      Experiência/conhecimentos prévios Conhecimentos de eletrónica e CNC;

    4)      Domínio da Língua Inglesa.

     

    Plano de atividades:

    O projeto n.º 33625 – Intelligent 4D Moulds visa investigar o estado da arte dos processos de produção de moldes e desenvolver um sistema tecnologicamente inovador que incluirá novos processos na produção de moldes, com recurso a técnicas de visão computacional e realidade aumentada, reduzindo os custos de produção, tornando as empresas mais competitivas no mercado nacional e internacional, que, explorando e conjugando o potencial de ambas as tecnologias, permitirá definir e identificar em cada processo de conceção e fabrico, quais os problemas encontrados e apoiar na sua resolução.

     

    Em específico, o bolseiro selecionado contribuirá para os seguintes tópicos:

    ·         Implementação de algoritmos e técnicas de hub de comunicação e análise da qualidade de molde;

    ·         Implementação de protótipo de hub de comunicação e análise da qualidade de molde;

    ·         Testes aos módulos de hub de comunicação e análise da qualidade.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Prof. Dr. Miguel A. Guevara Lopez.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 7 meses, com início previsto em fevereiro de 2019. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 745€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

     

    Presidente do Júri: Miguel Guevara

    Vogais efetivos: Luís Gonzaga Magalhães, João Moutinho;

    Vogais suplentes: Emanuel Sousa, Paula Monteiro.

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  09/01/2019 a 22/01/2019, indicando a referência BI/I4M_CVIG_03.

     

    Guimarães, 9 de janeiro de 2019

     

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/FAMEST_CVIG_2

    Refª: BI/FAMEST_CVIG_2

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto FAMEST − Footwear, Advanced Materials, Equipment’s and Software Technologies, (projeto nº 24529) financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE).

     

    Requisitos de admissão:

     

    • Formação académica ao nível de Mestrado, os candidatos deverão possuir Mestrado em Engenharia Informática, Eletrónica e Computadores ou similar;
    • Experiência em desenvolvimento de software, programação e modelação 3D.
    • Conhecimento/Interesse em computação gráfica com foco em realidade aumentada;
    • Dinamismo, pró-atividade e elevado sentido de responsabilidade;
    • Fluência em Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades:

    O candidato selecionado desenvolverá atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito do projeto supramencionado, em especial na atividade “A1.7 Desenvolvimento de Solução de Medição Anatómica e de Visualização de Calçado”. Em específico contribuirá nas tarefas de Estudos Preliminares e Aquisição de Conhecimento Crítico, Definição de Requisitos, Desenvolvimento, Integração e Testes referentes ao módulo de Visualização Imersiva.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Doutor Miguel Guevara.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em fevereiro de 2019. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao término do projeto.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

     

    Presidente do Júri: Miguel Guevara;

    Vogais efetivos: Luís Gonzaga Magalhães, Emanuel Sousa;

    Vogais suplentes: João Moutinho, Paula Monteiro;

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  22/01/2019 a 04/02/2019, indicando a referência BI/FAMEST_CVIG_2.

     

    Guimarães, 9 de janeiro de 2019

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/ProductinTouch_CVIG_01

    Refª: BI/ProductinTouch_CVIG_01

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto Product in Touch (projeto nº 33699) financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE 2020), nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE), Computação Gráfica.

     

    Requisitos de admissão:

    • Formação académica ao nível de Mestrado, os candidatos deverão possuir Mestrado em Engenharia Informática, Eletrónica e Computadores ou similar;
    • Experiência em desenvolvimento de software e programação em linguagens como:  C++ e C# (fator preferencial);
    • Experiência em Computação Gráfica e Realidade Virtual;
    • Experiência com motores de jogos, como por exemplo Unity3D.
    • Experiência com ferramentas de criação de conteúdos para Realidade Virtual como: Blender, 3d Studio Max ou Maya;
    • Dinamismo, pró-atividade e elevado sentido de responsabilidade;
    • Fluência em Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades:

    O projeto Product in Touch visa a exploração da sensação táctil para o design de componentes específicos integrados no interior de automóveis, onde se propõe alcançar os seguintes resultados:

    • Um sensor tátil para extrair características táteis de componentes plásticos reais;
    • Correlacionar a sensação táctil e características dos objetos para melhorar a verificação de qualidade do produto na moldagem de componentes plásticos e corresponder à satisfação do cliente;
    • Um método avançado de prototipagem virtual baseado na estimulação multissensorial para integrar o feedback dos clientes na verificação da qualidade e preferência do produto, de forma virtual, antes de entrar na fase de moldagem por injeção de componentes plásticos.

     

    A solução apresentada pelo PRODUCT IN TOUCH procura obter uma padronização da sensação táctil em ambiente virtual para melhorar o design, qualidade e processo de fabrico na moldagem por injeção de componentes plásticos usados no interior automóvel.

     

    O candidato selecionado desenvolverá atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito do projeto supramencionado, com mais enfâse num dos resultados propostos: método avançado de prototipagem virtual. Para esse efeito contribuirá nas seguintes atividades:  

    • Especificações do sistema e aprofundamento do estado da arte;
    • Conceção e desenvolvimento de modelo táctil computacional;
    • Conceção e desenvolvimento de protótipo virtual multimodal;
    • Teste e validação em ambiente real;
    • Promoção e divulgação de resultados, através da escrita de artigos científicos e participação em conferências.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Doutor Miguel Guevara e do Doutor Luís Magalhães.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em janeiro de 2019.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Miguel Guevara;

    Vogais efetivos: Luís Gonzaga Magalhães, Paula Monteiro;

    Vogais suplentes: Emanuel Sousa, João Moutinho.

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  13/12/2018 a 27/12/2018, indicando a referência BI/ProductinTouch_CVIG_01.

     

    Guimarães, 14 de dezembro de 2018

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Refª: BI/FACPROF_CVIG_01

    Refª: BI/FACPROF_CVIG_01

     

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto Smart Sensor for Fashion Client Analysis.

     

    Área Científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE), Informática.

     

    Requisitos de admissão:

    -        Formação académica ao nível de Licenciatura ou superior, os candidatos deverão possuir licenciatura ou superior em áreas tais como: Informática, Eletrónica e Computadores ou similar.

    -        Conhecimentos em desenvolvimento de software e programação;

    -        Valorização de conhecimentos em processamento de imagem e computação gráfica;

    -        Dinamismo, pró-atividade e criatividade;

    -        Fluência em Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades: O candidato selecionado desenvolverá atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito do projeto supramencionado, em especial ao nível da I&D de algoritmos machine learning e person detection and classification.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica Doutor Miguel Guevara.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em janeiro de 2019. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao término do projeto.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 745€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Miguel Guevara;

    Vogais efetivos: Luís Gonzaga Magalhães, Emanuel Sousa;

    Vogais suplentes: Paula Monteiro, João Moutinho.

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  17/12/2018 a 31/12/2018, indicando a referência BI/FACPROF_CVIG_01.

     

    Guimarães, 17 de dezembro de 2018

     

     

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | BI/FACPROF_CVIG_02

    Refª:  BI/FACPROF_CVIG_02

     

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto Smart Sensor for Fashion Client Analysis.

     

    Área Científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE), Informática.

     

    Requisitos de admissão:

    -        Formação académica ao nível de Licenciatura ou superior, os candidatos deverão possuir licenciatura ou superior em áreas tais como: Informática, Eletrónica e Computadores ou similar.

    -        Conhecimentos em desenvolvimento web;

    -        Experiência de desenvolvimento front-end e back-end  são valorizados.

    -        Dinamismo, pró-atividade e criatividade;

    -        Fluência em Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades: O candidato selecionado desenvolverá atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito do projeto supramencionado, em especial ao nível da I&D de algoritmos machine learning e person detection and classification.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica Doutor Miguel Guevara.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em janeiro de 2019. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao término do projeto.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 745€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Miguel Guevara;

    Vogais efetivos: Luís Gonzaga Magalhães, Emanuel Sousa;

    Vogais suplentes: Paula Monteiro, João Moutinho.

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  17/12/2018 a 31/12/2018, indicando a referência BI/FACPROF_CVIG_02.

     

    Guimarães, 17 de dezembro de 2018

     

     

Software Engineering

  • Machine Learning | Refª: CT_ML_EPMQ_01/18

    Refª: CT_ML_EPMQ_01/18

     

    O CCG é uma organização com 25 anos que dedica a sua atividade à investigação e desenvolvimento aplicado, nos domínios da computação gráfica, das tecnologias da informação, comunicação e eletrónica, bem como às suas aplicações, em contexto nacional e internacional.

    Se gostas de trabalhar com sistemas de dados e partilhar ideias com uma equipa qualificada e inovadora, este é o desafio certo para ti!

     

    A equipe EPMQ:

    EPMQ (Engineering Process Maturity and Quality) é o domínio de investigação aplicada do CCG, no âmbito da qualidade e maturidade do processo de engenharia de sistemas e tecnologias de informação. A equipa é formada por investigadores e engenheiros talentosos que têm criatividade no seu DNA e que trabalham diariamente com o rigor, excelência e inovação.

     

    Quem procuramos:

    ·         Doutoramento em Engenharia de Sistemas de Informação ou áreas afins;

    ·         Candidatos dinâmicos, proactivos e responsáveis (fator CCG);

    ·         Gosto pelo trabalho em equipa;

    ·         Bons conhecimentos de tecnologias de implementação de sistemas de dados;

    ·         Bons conhecimentos de análise inteligente de dados, nas vertentes de: business intelligence (data mining, machine learning, previsão e sistemas de apoio à decisão); e/ou otimização moderna (metaheurísticas, simulated annealing, computação evolucionária);

    ·         Experiência em gestão de equipas (preferencial);

    ·         Experiência na escrita de artigos científicos e envolvimento em projetos de investigação (fator preferencial);

    ·         Domínio da língua inglesa.

     

     

    O que oferecemos:

    ·         Integração num ambiente informal;

    ·         A oportunidade de fazer parte de uma equipa dinâmica e coesa;

    ·         Oportunidade de aprendizagem e desenvolvimento contínuo;

    ·         Desafios criativos;

    ·         Remuneração mais benefícios;

    Vem crescer connosco!

    Traz a tua paixão, nós elaboramos e revelamos os truques de magia do CCG.

     

    Para fazer parte da experiência CCG, envia-nos a tua candidatura para jobs@ccg.pt mencionando a referência CT_ML_EPMQ_01/18.

     

     

    Guimarães, 19 de novembro de 2018

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Ref.ª: BI/PRODUTECH_ROB_02

    Refª: BI/PRODUTECH_ROB_02

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto PRODUTECH SIF – Soluções para a Indústria de Futuro (projeto nº 024541) financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do COMPETE2020 - Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE).

     

    Requisitos de admissão:

    Formação académica concluída ao nível de Mestrado Integrado ou Licenciatura na área da Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores e áreas afim;

    Dinamismo, pró-atividade e elevado sentido de responsabilidade;

    Bons conhecimentos de robótica no que concerne a: i) ao nível de sensores e atuadores (hardware e software de baixo nível); ii) técnicas de aquisição, processamento e fusão de informação proveniente de vários sensores (e.g. visão, range finders); iii) sistemas multi-robô; iv) ferramentas de desenvolvimento/simulação em robótica (e.g. VREP, YARP, ROS;

    Bons conhecimentos de sistemas dinâmicos não lineares e otimização;

    Bons conhecimentos de leitura, escrita e oralidade em Inglês técnico.

     

    Plano de atividades:

    (1)    Desenvolvimento de plataformas robóticas móveis autónomas com a capacidade de transporte de carga.

    (2)    Desenvolvimento de um módulo de perceção de ambiente para dotar os robôs móveis autónomos com a capacidade de detetarem obstruções no ambiente (nomeadamente estáticas e móveis, distinguindo humanos de outras obstruções).

    (3)    Investigar soluções para dotar uma equipa de robôs móveis autónomos com a capacidade cooperarem entre si para efetuarem com sucesso o transporte de carga.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica dos Professores Estela Bicho e Sérgio Monteiro.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em janeiro de 2019. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Prof. Estela Bicho

    Vogais Efetivos: Professores Sérgio Monteiro e Sérgio Lopes

    Vogais suplentes: Professores Paulo Garrido e Jaime Fonseca

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  13/12/2018 a 27/12/2018, indicando a referência BI/PRODUTECH_ROB_02.

     

    Guimarães, 14 de dezembro de 2018

     

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Ref.ª BI/IRMDA_EPMQ_BD_01

    Refª: BI/IRMDA_EPMQ_BD_01

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto IRMDA – Intelligent Risk Management for the Digital Age nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Sistemas de Informação, Tecnologia de Informação, especialização big data

     

    Requisitos de admissão:

    1. Licenciatura (a realizar dissertação de mestrado) ou mestrado;
    2. Competências de leitura, escrita e oralidade em Inglês técnico;
    3. Conhecimentos na área de Big Data, demonstrando preferencialmente o domínio de tecnologias como Apache HDFS, Apache Ignite, Apache Spark ou Apache Beam.

     

    Plano de atividades:

    O plano para a presente bolsa de investigação está ligado à proposta e avaliação de uma arquitetura de recolha, preparação e enriquecimento de dados em ambientes Big Data, com os seguintes objetivos:

    1.       Proposta de uma arquitetura para suportar a execução de processos de recolha, preparação e enriquecimento de dados assente em tecnologias escaláveis de armazenamento e processamento de dados (e.g., HDFS, Apache Ignite, Spark, Apache Beam), de modo a suportar a integração de dados em sistemas de gestão de risco em ambientes de Big Data;

    2.       Validação da arquitetura anteriormente proposta através do desenvolvimento e execução de testes laboratoriais (e.g., benchmarking), com vista a avaliar a eficiência da solução proposta;

    3.       Comunicar a arquitetura e conhecimento inerente, tanto para os parceiros do projeto como para a comunidade científica via publicações em conferência ou revista.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação técnico-científica de Carlos Costa.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de sete (7) meses, com início previsto em Janeiro de 2019. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores), e o nível de formação do candidato.

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do projeto na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção do candidato será divida em duas fases. A primeira implica uma avaliação do currículo (60% do valor total) para selecionar os candidatos que se deslocam para a fase seguinte; a segunda fase consistirá numa entrevista (40% do valor total), com o objetivo de produzir uma lista ordenada dos candidatos, resultando como ganhador, o candidato que ocupe a primeira posição de acordo com os critérios de seleção acima especificados. O júri reserva-se o direito de anular a chamada se nenhum dos candidatos satisfizer as qualificações especificadas.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Maribel Santos;

    Vogais efetivos: Carlos Pereira, Carlos Salgado;

    Vogais suplentes: Paula Monteiro, Paulo Cortez;

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 23/11/2018 a 06/12/2018, indicando a referência BI/IRMDA_EPMQ_BD_01.

     

    Guimarães, 16 de novembro de 2018

  • 1 Bolsa de Investigação (BI) | Ref.ª BI/Frend Platform X02_EPMQ_01

    Refª: BI/ Frend Platform X02_EPMQ_01

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto Frend Platform X02 nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Licenciatura ou Mestrado em Tecnologias da Informação, Telecomunicações e Eletrónica (TICE).

     

    Requisitos de admissão:

    Formação académica ao nível de Mestrado Integrado (ou percurso 3+2 alternativo e funcionalmente equivalente) na área das Tecnologias de Informação (sistemas de informação, informática e afins);

    Dinamismo, pró-atividade e elevado sentido de responsabilidade;

    Bons conhecimentos de análise e concepção de sistemas distribuídos;

    Bons conhecimentos de arquiteturas de software orientadas aos serviços (SOA);

    Bons conhecimentos de arquiteturas Web;

    Bons conhecimentos de especificação de interfaces (APIs);

    Bons conhecimentos de Inglês (falado e escrito).

     

    Plano de atividades:

    • Especificações de software;
    • Desenvolvimento da Arquitetura de plataforma cloud;
    • Desenvolvimento de aplicativo “Cloud”;
    • partilha de dados e ferramentas na rede social;
    • Integração e teste da plataforma de software em laboratório.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação técnico-científica da Professora Helena Rodrigues.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de doze (12) meses, com início previsto em dezembro de 2018. O contrato de bolsa poderá ser renovado até ao máximo previsto na lei.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores), e o nível de formação do candidato.

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do projeto na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção do candidato será divida em duas fases. A primeira implica uma avaliação do currículo (60% do valor total) para selecionar os candidatos que se deslocam para a fase seguinte; a segunda fase consistirá numa entrevista (40% do valor total), com o objetivo de produzir uma lista ordenada dos candidatos, resultando como ganhador, o candidato que ocupe a primeira posição de acordo com os critérios de seleção acima especificados. O júri reserva-se o direito de anular a chamada se nenhum dos candidatos satisfizer as qualificações especificadas.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    Presidente do Júri: Prof. Helena Rodrigues;

    Vogais efetivos:  Prof. Ricardo J. Machado, Carlos Salgado;

    Vogais suplentes: Paula Monteiro, Carlos Pereira;

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de 29/11/2018 a 12/12/2018, indicando a referência Refª: BI/Frend Platform X02_EPMQ_01 .

     

    Guimarães, 16 de novembro de 2018

Mobile Computing

  • 1 Bolsa de Investigação | Refª: BI/ALERTFALLS_UMC/02

    Refª: BI/ALERTFALLS_UMC/02

    Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação (BI) no âmbito do projeto “ALERTFALLS – Prevenção de quedas em pessoas mais velhas a viverem sós”(projeto nº 024077) financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa Operacional Regional do Norte (NORTE2020), nas seguintes condições:

     

    Área Científica: Computação móvel e web.

     

    Requisitos de admissão: Mestre em Engenharia Informática, Informática e Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia Eletrónica ou áreas afins. São condições preferenciais para a avaliação dos candidatos:

    • Experiência/conhecimentos em desenvolvimento para dispositivos Android – Android Studio
    • Experiência/conhecimentos em Interfaces RESTful
    • Experiência/conhecimentos em bases de dados relacionais
    • Experiência/conhecimentos em arquiteturas cliente/servidor
    • Experiência/conhecimentos em desenvolvimento para a web

     

    Plano de atividades:

    As quedas são internacionalmente reconhecidas como um evento crítico e comumente reportadas como um incidente de segurança responsável pelo aumento da mortalidade e morbilidade que comporta custos económicos significativos. O objetivo principal do projeto visa o desenvolvimento de uma aplicação para registo de dados e cálculo do risco de queda em pessoas mais velhas a viverem sós.

    Em específico, o bolseiro selecionado participará na especificação técnica, desenvolvimento e implementação e testes de uma solução móvel para dispositivos Android (smartphones e tablets) para o registo no terreno de informações relativas a idosos que vivem sós. Trabalhará também na especificação técnica, desenvolvimento e implementação e testes do servidor que dará suporta à aplicação móvel, incluindo o portal web e os webservices necessários para a troca de dados.

     

    Legislação aplicável: A atribuição da bolsa tem por base o Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei n.º 40/2004 de 18 de Agosto e o Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, sendo este o adotado pelo Centro Computação Gráfica.

     

    Local de Trabalho: O trabalho será desenvolvido no Centro de Computação Gráfica, Sede em Guimarães, sob a orientação científica do Doutor João Moutinho.

     

    Duração das Bolsas: A bolsa terá a duração de 3 meses, com início previsto em janeiro de 2019.

     

    Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa será de 980€ conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).

     

    Formalização das Candidaturas: Os candidatos deverão apresentar as candidaturas mediante uma carta de admissão mencionando as suas motivações, acompanhada de Curriculum Vitae detalhado, cópia do Certificado de Habilitações com discriminação das classificações obtidas às disciplinas efetuadas e cópia do documento de identificação.

     

    Métodos de seleção: A avaliação terá em conta o mérito do candidato, considerando os parâmetros da formação académica, perfil curricular e experiência em investigação científica, designadamente nos domínios científicos de especialização em relação à área de atuação do CCG na qual o bolseiro irá exercer a sua atividade.

    A seleção dos candidatos será feita com base na avaliação curricular (60% do valor total) e na experiência que demonstrar possuir nas tecnologias selecionadas para o projeto (40% do valor total).

    A seleção dos candidatos poderá eventualmente ser complementada por entrevista. O júri reserva-se o direito de não atribuir a bolsa no caso de não se apresentarem a concurso candidatos com o perfil adequado.

     

    Composição do Júri de Seleção:

    • Presidente do Júri – Doutor João Moutinho
    • Vogal Efetivo – Doutor João Peixoto
    • Vogal Efetivo – Doutor Filipe Meneses
    • Vogal Suplente – Doutora Paula Monteiro
    • Vogal Suplente – Prof. Doutor Adriano Moreira

     

    Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada afixada na secretaria do Centro de Computação Gráfica, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado através de email.

     

    Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: As candidaturas deverão ser enviadas por correio eletrónico para o endereço jobs@ccg.pt, estando o concurso aberto no período de  10/12/2018 a 21/12/2018, indicando a referência BI/ALERTFALLS_UMC/02.

     

    Guimarães, 27 de novembro de 2018

Information Systems

  • Cyber Security Specialist

    Cyber Security Specialist

     

    CCG is an organization with almost 25 years of existence, which dedicates its activity to applied research and development in the fields of information technology, communication and electronics and applications, at national and international level.

    If you love working with structured and unstructured data and sharing insights with a qualified and innovative team, this is the right challenge for you!

     

    EPMQ Team:

     

    EPMQ is the field within CCG that focuses on applied research in engineering processes’ maturity and quality. Our team consists of talented engineers and researchers who have creativity in their DNA and pursue accuracy, excellence and innovation.

     

    What are we looking for?

     

    • PhD or Master's degree in a field such as Information Systems Engineering, Computer Engineering,Information Systems, or related fields;

    • Dynamic, proactive and highly responsible candidates (CCG factor);

    • Ability to work together with different stakeholders;

    • Strong IT skills and knowledge including hardware, software (all levels), networks, cyber security technology, applicable laws, rules and regulations/standards

    • Ability to keep up with the fast pace of change in the criminal cyber-underworld and cyber security technology

    • Defining problems, collecting data, establishing facts and drawing valid conclusions

    • Think critically

    Skills in data analysis and meticulous attention to detail

    • Experience in writing scientific articles, as well as involvement in research projects;

    • Excellent written and communication skills in English.

     

     

    What we offer:

     

    • A welcoming and diversity-friendly environment;

    • The opportunity of being part of a dynamic and supportive team;

    • Opportunities to learn and develop;

    • Creative Challenges as Guides;

    • Salary + benefits;

     

    You can grow your value with us!

     

    Bring your passion, we will perform and reveal CCG Magic Tricks!

     

    To be a part of CCG’s experience, please send us your application to jobs@ccg.pt with the reference “Cyber Security Specialist”.

Proteção de Dados

Garantimos a confidencialidade de todos os dados fornecidos pelos candidatos.

A recolha de dados tem como única finalidade o recrutamento.

O titular dos dados recolhidos tem direito de acesso, retificação e oposição à utilização dos mesmos, podendo obter informação adicional ou esclarecer qualquer dúvida através do endereço de correio eletrónico: privacidade@ccg.pt