+351 253 510 580 Mon - Fri. 09:00 - 18:00
Follow us:

. cVIG

Centro de Computação Gráfica

FAMEST – Calçado e tecnologias avançadas de materiais, equipamentos e software

. cVIGTICE  , , ,

2017-2020 O FAMEST – Calçado e Tecnologias Avançadas de Materiais, Equipamentos e Software é um projeto que impulsionará a inovação no setor do calçado e a internacionalização do calçado português. Este projeto mobilizador FAMEST concentra-se na geração de conhecimento e na sua integração em novas soluções empresarialmente competitivas, nomeadamente no desenvolvimento de: novos conceitos de calçado de moda, técnico, customizado ou personalizado, inteligente, para nichos especiais e mercados globais; inovadores bio, eco, nano materiais e componentes multifuncionais; tecnologias digitais para os processos de produção, relação entre os vários intervenientes na cadeia de valor e o cliente final; novas tecnologias digitais, flexíveis e ágeis. modelos de negócio inovadores e ambientalmente responsáveis.   A contribuição do CCG neste projeto ocorre no “PPS 1. FAMEST SHOE – Ferramentas e conceitos para o calçado do futuro”, em especial na atividade “A1.7 Desenvolvimento de Solução de Medição Anatómica e de Visualização de Calçado”, onde se pretende investigar e desenvolver soluções inovadoras ao nível de: reconstrução tridimensional do pé com recurso a fotogrametria; análise de conforto anatómico de forma a encontrar o calçado ideal para a especificidade de cada pé; visualização imersiva de modelos de calçado tridimensionais sobre o pé com recurso a técnicas de realidade aumentada.   O CCG participa ainda nas atividades de: “Construção de protótipos, pré-séries e teste de validação”; “Promoção e disseminação dos resultados do PPS”; “Gestão técnica do PPS”.   Assim como nos PPS: FAMEST DEMO – Disseminação, demonstração e exploração de resultados; FAMEST COORDENA – Coordenação global do projeto.   O FAMEST é promovido por um consórcio completo de 23 empresas de toda a cadeia de valor do calçado: couros, palmilhas, solas, produtos químicos, software, equipamentos, logística e calçado, e 9 entidades de I&I com competências multidisciplinares e complementares, que asseguram o desenvolvimento de resultados inovadores e a sua valorização económica pelos promotores nos mercados nacional e internacional.

Read details

MaxCut4Fish – Investigação e desenvolvimento de sistema inteligente de corte automático e otimizado de pescado congelado

. cVIGTICE  , ,

2016 – 2018 O projeto MaxCut4Fish tem como objetivo investigar e desenvolver um sistema inteligente e modular de corte automático de pescado congelado que, explorando e conjugando o potencial da visão computacional e automação sensorial, permitirá definir cortes ótimos para cada pescado em função das suas características morfológicas, volumétricas e de peso, possibilitando assim, entre outros aspetos: a maximização do aproveitamento do pescado; a minimização dos desperdícios produtivos; o aumento da qualidade e da uniformização das postas finais.   O MaxCut4Fish é um sistema inteligente de corte modular, permitindo que um dos módulos esteja a cortar as postas de acordo com o peso pretendido, enquanto outro módulo corte segundo as medidas pretendidas, sem haver necessidade de parar completamente o equipamento para manutenções, já que estas são alternadas/programadas. Pela incorporação desta tecnologia state-of-the-art em termos de visão computacional, automação sensorial e controlo, com a mínima intervenção humana, será possível às organizações envolvidas: conquistar quotas de mercado; variar a carteira de clientes; aumentar a produtividade; reforçar a estratégia de I&D; aprofundar o know-how técnico e científico; ampliar a rede de colaborações.   O CCG está responsável pelo desenvolvimento da visão computacional e da modelação tridimensional do MaxCut4Fish. As atividades deste projeto focam-se na investigação e no desenvolvimento dos algoritmos que sustentam 4 subsistemas que, posteriormente, incorporarão um protótipo que será testado em ambiente industrial.

Read details

UH4SP – Unified Hub for Smart Plants

. cVIG. EPMQ  , , ,

2016-2018 O projeto UH4SP Unified Hub for Smart Plants visa o desenvolvimento de uma arquitetura de software, orientada a serviços e soluções tecnológicas, incorporando o paradigma de IoT e Industry 4.0. Estas soluções têm em vista a promoção da visão corporativa e agregada de operações de unidades industriais dispersas por várias geografias, através de acessos remotos e locais; construção de ferramentas colaborativas e transversais; otimização das operações e experiência de utilização nas unidades industriais e, por último, confiabilidade do sistema. Os principais objetivos técnico-científicos do projeto são: Definição de mecanismos de conceção de arquiteturas lógicas para plataformas tecnológicas de otimização logística no âmbito de referenciais Indústria 4.0; Conceção de serviços e aplicações de negócio endereçadas aos stakeholders invocando recursos transparentemente; Desenvolvimento de novos algoritmos e métodos de sensorização para melhorar o reconhecimento de pessoas e viaturas, interações com motoristas e assistência técnica remota; Desenvolvimento de modelos de simulação e heurísticas visando a otimização logística; Desenvolvimento da(s) plataforma(s) computacional(ais) de suporte às operações do sistema; Desenvolvimento de uma plataforma de armazenamento de dados adequada aos requisitos da Indústria 4.0. A contribuição do CCG terá a intervenção dos domínios EPMQ e cVIG. O EPMQ contribuirá no: Levantamento de requisitos e de referenciais cloud computing, Industrial Internet of Things (IIoT) e Industry 4.0; Desenvolvimento de serviços e aplicações de negócio invocando recursos transparentemente; Definição de metodologias de especificação, concepção e desenvolvimento de serviços/aplicações no contexto da Industry 4.0; Conceção de uma arquitetura e especificação de serviços (SOA); Definição de um modelo de negócio utilizando metodologias de alinhamento “business/IT”.   Por seu lado, o cVIG contribuirá na: Identificação automática de condutor e veículo, com recurso à visão por computador; Interface do motorista, através de dispositivo móvel, com foco no auxílio à navegação dentro de fábrica, com recurso a realidade aumentada; Assistência remota, através da exploração de novos conceitos de telepresença em realidade aumentada. Website do projeto: UH4SP ddeee vweeeeee

Read details

Senior Inclusive

. cVIGTICE  , , ,

2016-2019 O projeto SENIOR INCLUSIVE (Co-Promoção PT2020) é um projeto fulcral que surge no âmbito de uma necessidade de mercado no apoio à prestação de cuidados domiciliários. Este projeto visa criar um equipamento composto por um Tablet+Pulseira, adaptados ao nível de hardware, com design inclusivo e software personalizado, consoante o perfil do idoso. Os dispositivos permitem efetuar atividades como: chamadas voz e vídeo, substituindo o telefone; interligar-se com dispositivos de medição de parâmetros de saúde; localização em tempo real e deteção de quedas, imprescindíveis em casos de emergência.   O sistema integra ainda uma plataforma online onde familiares e profissionais poderão aceder a todos os dados em tempo real, ao mesmo tempo que um assistente virtual personifica o interface com o utilizador. O projeto assume-se como um marco no panorama de investigação científica, pois serão investigadas várias soluções de caráter inventivo. Para além disso, reúne um consórcio altamente qualificado, nas áreas de conhecimento científico inerentes à investigação e desenvolvimento necessários, formado por 4 entidades copromotoras (HidePixel, CCG,Univ. do Minho e PIEP), e 5 prestadoras de serviços (Plux, Fraunhofer PT, Critical Materials, TecMinho, Progest). O CCG, representado pelo seu domínio de investigação aplicada CVIG contribui nos seguintes eixos: 1) Investigação e Desenvolvimento de algoritmos de reconhecimento de padrões, para desenvolver uma aplicação de reconhecimento de medicamentos através de visão por computador. 2) Investigação e Desenvolvimento de um módulo de Assistentes Virtuais (Avatares), construídos à imagem de pessoas ou personagens conhecidas do idoso, que são um elemento de companhia sempre presente no sistema. Os assistentes virtuais comunicarão com o idoso, e todo o seu funcionamento pode ser configurado remotamente nas plataformas web e mobile, pelos familiares ou profissionais de cuidados. Projeto Senior Inclusive no programa 90 Segundos de Ciência

Read details