Projeto Senior Inclusive: envelhecimento com qualidade de vida

O projeto Senior Inclusive esteve em destaque no programa “O Norte Somos Nós”, no Porto Canal.

Este projeto Senior Inclusive é uma co-promoção do Centro de Computação Gráfica (CCG), da Universidade do Minho (UM), do Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros (PIEP), e da siosLIFE.

Objetivo e público alvo do Senior Inclusive

Como o nome indica, o Senior Inclusive tem com foco a população idosa, procurando proporcionar um melhor acompanhamento às pessoas de terceira idade, beneficiando o idoso e ao mesmo tempo toda uma comunidade de cuidadores.

Pela criação de um equipamento próprio para as necessidades da população sénior, este projeto pretende manter as pessoas idosas ativas, e melhorar a sua sensação de segurança.

Solução Senior Inclusive

Este equipamento, composto por um tablet + pulseira (ambos adaptados ao nível de hardware, com design inclusivo e software personalizado consoante o perfil do utilizador), permite ao idoso fazer chamadas/videochamadas de forma simples e rápida, aos seus cuidadores, familiares, ou amigos.

É possível ainda interligar-se o equipamento com aparelhos de medição de parâmetros de saúde, com uma localização em tempo real e a deteção de quedas. Assim, é possível transmitir alertas de situações de emergência e/ou de anormalidade aos cuidadores dos idosos.

A adaptação ergonómica ao aparelho é outra preocupação deste projeto.

Fonte: Porto Canal, programa “O Norte Somos Nós“.

Contributo do CCG no Senior Inclusive

O CCG, por intermédio do seu domínio de investigação aplicada CVIG, está a colaborar no desenvolvimento da vertente de software do projeto. Em concreto, a criar um módulo de Assistentes Virtuais (Avatares), construídos à imagem de pessoas ou personagens conhecidas do idoso. Estes avatares são um elemento de companhia sempre presente no sistema. Os assistentes virtuais comunicam com o idoso, com todo o seu funcionamento a ser configurado remotamente nas plataformas web e mobile, pelos familiares ou profissionais de cuidados.

O CVIG encontra-se também a trabalhar na investigação e no desenvolvimento de algoritmos de reconhecimento de padrões, para construir uma aplicação de reconhecimento de medicamentos através de visão por computador.

Como referiu Nelson Alves, investigador no CCG, no programa 90 Segundos de Ciência: “Estamos a trabalhar num software de apoio à toma da medicação. Esta população, por norma, está sujeita à toma diária de variados medicamentos, o que a determinada altura pode criar alguma confusão ou dúvida. Através de visão por computador, e de algoritmos de reconhecimento de imagem e de padrões, basta o idoso mostrar a caixa do medicamento para a câmara deste equipamento, e ele reconhece qual o medicamento associado, ajudando-o assim a tomar a medicação correta”.

O projeto Senior Inclusive encontra-se atualmente a meio do seu desenvolvimento, tendo-se já iniciado a fase de testes junto dos utilizadores finais.

Senior Inclusive @ CCG

O Senior inclusive (projeto nº 17967) é financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do NORTE 2020 – Programa Operacional Regional do Norte.