25 Anos – Prémios LAVAL 2002 – CCG

Ao longo dos seus 25 anos de história, o CCG – Centro de Computação Gráfica – trabalhou em projetos que desenvolveram tecnologias de ponta do momento, nas mais diversas áreas e com as mais distintas aplicações, desde a herança histórica e cultural à telemedicina, ou à indústria, a título de exemplo.

Estes projetos, pelas suas inovações e pelas potencialidades geradas, acabaram por merecer diversas distinções, como o Prémio Descartes, o European IST Grand Prize, e os Prémios LAVAL.

Hoje olhamos em especial para os prémios LAVAL, uma competição única pela sua amplitude no domínio da realidade virtual e realidade aumentada. A Laval Virtual é conhecida como a maior exibição e conferência para realidade virtual e aumentada desde 1999.

Remontando ao passado, pode-se constatar que o CCG foi um pioneiro na exploração da realidade virtual / realidade aumentada em Portugal, com projetos como o Oceanário Virtual e o ARCHEOGUIDE, que mereceu dois conceituados prémios LAVAL.

Prémios LAVAL Virtual 2002 – Projeto ARCHEOGUIDE (2000-2002)

O projeto ARCHEOGUIDE (Augmented Reality-Based Cultural Heritage On-Site Guide), aplicado na vertente da herança cultural, foi distinguido em 2002 com os seguintes dois prémios: “Science et Éducation” e “Grand Prix du Jury 2002”.

Estes prémios foram atribuídos por um júri internacional e especialista da Laval Academy, em Mayenne França, durante a exposição/conferência LAVAL Virtual de 2002.

O projeto ARCHEOGUIDE foi um projecto financiado pela Comissão Europeia no âmbito do Programa IST (IST-1999-11306) que desenvolveu novas formas de acesso à informação em locais de interesse patrimonial e cultural, como sejam museus, edifícios históricos ou ruínas arqueológicas.

Para tal, foi implementado um sistema Cliente-Servidor, baseado nas mais avançadas tecnologias de realidade aumentada, visualização 3D, computação móvel e interação multimodal.

Transportando consigo um capacete de visualização [head mounted display (HMD)] semitransparente e equipamento de computação móvel, o visitante era provido de informação em tempo real, acerca do local da visita. Um sistema de localização detetava a posição do visitante no espaço a todo o instante, sendo-lhe apresentada a informação visual ou sonora, de forma coordenada, sobreposta ao mundo real.

O protótipo do sistema foi testado inicialmente nas ruínas de Olímpia, Grécia. A reconstrução virtual dos edifícios em ruínas assumiu uma ênfase particular, sendo dada a conhecer a sua evolução histórica.

Parceiros do Projeto ARCHEOGUIDE (2000-2002):

  • Intracom SA, Grécia;
  • IGD, Frauhofer Institue for Computer Graphics, Alemanha;
  • ZGDV, Computer Graphics Center, Alemanha;
  • CCG, Centro de Computação Gráfica, Portugal;
  • A&C 2000 s.r.l, Duemila Arts and Crafts, Itália;
  • Post Reality, Digital TV Studio, Grécia;
  • HMC, Hellenic Ministry of Culture, Grécia.

Para mais detalhes pode consultar as seguintes publicações sobre o projeto:

O domínio de investigação aplicada Computer Vision and Interaction Graphics (CVIG) do CCG tem vindo a desenvolver múltiplos projetos focados na tecnologia de realidade aumentada, de aplicação transversal a várias áreas e setores.

Confira a história da realidade aumentada e a sua aplicabilidade.