HeritageCARE é reconhecido como um projeto do Ano Europeu do Património Cultural 2018

O projeto HeritageCARE, no qual participa o Centro de Computação Gráfica (CCG), foi seleccionado como um dos projetos de referência do Ano Europeu do Património Cultural 2018, pelo Directorate General for Education and Culture (EC DG EAC) – o ramo executivo da Comissão Europeia responsável pela política de educação, cultura, juventude, línguas e desporto.

A Comissão Europeia reconhece assim o valor acrescentado do projeto para o património histórico e cultural europeu.

2018: Ano Europeu do Património Cultural

O Parlamento Europeu estabeleceu 2018 como o Ano Europeu do Património Cultural (AEPC 2018).

O AEPC2018 visa promover a diversidade cultural, o diálogo intercultural e a coesão social, enaltecendo o papel do património no desenvolvimento social e económico na Europa.

Objetivos do HeritageCARE

O HeritageCARE visa a implementação de uma metodologia integrada e sustentável para a conservação preventiva e a manutenção do património histórico e cultural edificado em Portugal, Espanha e França.

O projeto constitui-se desta forma como a primeira estratégia conjunta de conservação preventiva do património no sudoeste da Europa.

O seu objetivo final é a criação de uma entidade sem fins lucrativos, autossustentável que garanta a supervisão do cumprimento da metodologia e a sustentabilidade dos resultados para além do projeto.

Para mais informações consulte o site oficial do HeritageCARE.

heritage_1

Parceiros do projeto HeritageCARE

Existem 8 entidades envolvidas no projeto HeritageCARE. Entre elas encontram-se três portuguesas, o CCG – Centro de Computação Gráfica, a Universidade do Minho, que funciona como coordenadora do projeto, e a DR Cultura Norte.

As outras 5 instituições internacionais são a Universidade de Salamanca (ES), a Universidade Clermont Auvergne(FR), a Universidade de Limoges(FR), a Fundação Santa Maria la Real del Patrimonio Histórico(ES) e o Instituto Andaluz del Patrimonio Histórico Consejería de Cultura(ES).

Financiamento

O projeto HeritageCARE é financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito do programa Interreg-SUDOE (SOE1/P5/P0258).