CCG integra uma comissão técnica internacional de normalização de ergonomia

Como é que a tecnologia se vai apresentar nos carros autónomos? Qual vai ser a disposição do painel de instrumentação do automóvel para o condutor? Como é que o condutor se vai sentar no banco do automóvel? Estas são algumas das questões em que o CCG (Centro de Computação Gráfica) participa ativamente, dando a melhor resposta possível e a aplicação mais eficiente ao utilizador.

CCG na comissão técnica internacional de ergonomia

O CCG integra desde dezembro de 2017 uma comissão técnica internacional de normalização (sob a alçada da International Organization for Standardization) na área dos veículos rodoviários, participando diretamente na aprovação de normas que afetam o futuro de milhões de pessoas a nível mundial.

O CCG, que é o membro português de referência neste subcomité, contribuirá com o seu know-how para a definição de padrões internacionais aplicáveis à vida quotidiana no que respeita a ergonomia em contexto automóvel e a condução autónoma.

Coube ao IPQ (Instituto Português da Qualidade) instituir o CCG, nomeadamente o seu domínio de investigação aplicada PIU (Perception Interaction and Usability), como o laboratório nacional que participará nas discussões internacionais sobre ergonomia, ajudando a moldar o futuro dos automóveis e das pessoas que os utilizam nos próximos anos.

iso piu ccg ergonomia

Participação do CCG – PIU

Um dos grupos de trabalho em que o PIU participará ativamente, definindo os padrões a aplicar a nível mundial, é o ISO/TC 22/SC 39/WG 3, que versa a interação do condutor com o ambiente e com os sistemas de condução.

O papel do CCG, por intermédio do laboratório PIU, que tem como coordenador de desenvolvimento Carlos Silva, consiste em trazer novos conhecimentos para a definição de normas e em melhorar as normas existentes, prestando inputs diretos na matéria e votando nas alterações das normas.

O PIU é conhecido pelo seu trabalho em áreas de fatores humanos e usabilidade. Um dos projetos de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (ID&T) que o PIU já desenvolveu foi o HMIExcel – I&D, e incidiu no ciclo de desenvolvimento e na produção de soluções multimédia avançadas para a indústria automóvel, em parceria com a Bosch Car Multimedia Portugal e a Universidade do Minho.