BUILD: o futuro da mobilidade e da sustentabilidade está em construção

BUILD: Braga Urban Innovation Laboratory Demonstrator

Este é nome do novo projeto de inteligência urbana que visa reduzir as emissões de gases com efeito estufa e a intensidade carbónica na cidade de Braga. O CCG – Centro de Computação Gráfica é um parceiro científico deste projeto.

A sessão de apresentação pública do BUILD e a assinatura do acordo de cooperação entre o Município de Braga e os seus vários parceiros decorreu a 17 de setembro, nos Paços do Concelho da cidade.

Sessão de apresentação e assinatura do acordo de cooperação do projeto BUILD

O projeto iniciou-se em abril de 2018 e termina em maio de 2019. Está integrado no programa Laboratórios Vivos para a Descarbonização, tendo o apoio do Ministério do Ambiente através do Fundo Ambiental. Tem um custo de 800 mil euros e é co-financiado a 49,4%.

BUILD: plano de ação

O BUILD promove o desenvolvimento, validação e teste de novas tecnologias, serviços e respetivas aplicações em contexto real para posteriormente implementar a nível concelhio e idealmente a nível nacional.

A área de intervenção inicial é localizada nas freguesias de São Vicente e de São Victor. Através do Laboratório de Inovação Urbana (LIU) – um laboratório de experimentação dedicado à territorialização em ambiente urbano, com o suporte da investigação dos parceiros científicos deste projecto – será garantido o funcionamento da infra-estrutura tecnológica implementada e dos serviços associados.

Serão introduzidas novas tecnologias, nomeadamente o carregamento de veículos eléctricos, a iluminação pública eficiente e inteligente, a gestão de trafego, contadores inteligentes, produção de energia para autoconsumo, compostagem/aproveitamento de águas pluviais, monitorização de consumos, etc.

BUILD: parceiros

O BUILD resulta da construção de uma parceria científica e estratégica entre:

  • Universidade do Minho (UM);
  • Centro de Computação Gráfica (CCG);
  • Laboratório Internacional de Nanotecnologia (INL);
  • Transportes Urbanos de Braga;
  • Braval;
  • Agere;
  • Junta de Freguesia de S. Victor;
  • Junta de Freguesia de S. Vicente.

Contribuição do CCG – Centro de Computação Gráfica

Eng. Jorge Batista, representante do Conselho de Administração do CCG, na apresentação do projeto BUILD

O contributo do CCG para os Laboratórios Vivos para a descarbonização da cidade de Braga consiste no fornecimento de serviços de desenvolvimento e coordenação de tarefas de cariz tecnológico que compreendem:

  • o desenvolvimento de um sistema de gestão e concentração de dados de sensores, de informação e de comunicação com os cidadãos;
  • um portal de informação ao cidadão, com os aspetos mais relevantes do Laboratório Vivo para a Descarbonização, e que será a base de divulgação e de inserção de conteúdos (pelo backoffice) e o sítio de divulgação da iniciativa do concurso de eficiência energéticas das escolas da zona BUILD;
  • o desenvolvimento de um sistema de informação ao público baseado na afixação de conteúdos priorizados dependentes de vários layouts, localizações e tipos de ecrãs públicos: interiores (escolas, locais públicos, etc.) com informações sobre KPIs do projeto, divulgação e educação/sensibilização do cidadão; exteriores com informações em via pública relativo à capacidade de estacionamento, tráfego, qualidade de ar, segurança, etc.;
  • o desenvolvimento de uma aplicação móvel de informação e interação com o cidadão, com funcionalidades de recolha de informação do cidadão para efeitos de crowsourcing utilizando estratégias de gamificação;
  • a coordenação técnica de vários fornecimentos tecnológicos (sistemas de sensores ambientais e meteorológicos, iluminação pública, monitorização de consumos elétricos e hídricos, produção fotovoltaica, tráfego rodoviário, ecrãs interiores/exteriores/táteis, carregamento de veículos elétricos, passadeiras inteligentes e plataformas de gestão e controlo) do projeto;
  • as atividades de coordenação de recursos humanos da operação do LIU no domínio das tecnologias de informação.

Este trabalho será realizado pelo domínio de investigação aplicada UMC – Urban and Mobile Computing – do CCG.