Missão

A Associação CCG – Centro de Computação Gráfica assume-se como uma organização que procura ser continuamente reconhecida como uma referência de excelência enquanto entidade de interface.

Focada na investigação aplicada, orientada para a plena satisfação das expetativas dos seus associados, clientes e parceiros, pretende ser capaz de produzir valor em mercados exigentes e competitivos, no domínio das tecnologias de informação, comunicação e eletrónica (TICE).

A sua missão passa assim por desenvolver novos produtos/serviços em estreita colaboração com os clientes, no domínio das TICE.

 

Visão

Ser um centro de interface tecnológico de referência nacional e internacional, capaz de atuar como um parceiro continuado nos processos de inovação e investigação das organizações.

Proposta de Valor

A Proposta de Valor do CCG apresenta-se em 3 áreas que no seu conjunto permitem um equilíbrio entre o contexto da produção de crescimento (a montante), as necessidades do mercado (as empresas) e as entidades mediadoras (interfaces):

  • Investigação Aplicada;
  • Desenvolvimento Tecnológico;
  • Inovação pré-comercial desenvolvida em conjunto com as empresas/entidades.

Objetivos

Tendo por base conhecimento científico e tecnológico, o CCG tem por objetivo principal a integração de inovação em produtos, processos e serviços das organizações.

Objetivos específicos

  • Levar “inovação” às organizações e colaborar na sua “endogeneização”;
  • Adequar as novas “tecnologias” às necessidades das organizações e dos seus negócios;
  • Impulsionar a competitividades das empresas, colaborando no desenvolvimento de novos produtos e serviços.

Política do Sistema de Gestão

A Associação CCG / ZGDV – Centro de Computação Gráfica (CCG) assume-se como uma organização que procura ser continuamente reconhecida como uma referência de excelência enquanto entidade de interface. Focada na investigação aplicada, orientada para a plena satisfação das expectativas dos seus associados, clientes e parceiros, pretende ser capaz de produzir valor em mercados exigentes e competitivos, reconhecendo que a sustentabilidade da sua atividade está ancorada nos seguintes princípios de gestão e de comportamento:

  1. Cumprir os requisitos aplicáveis, quer sejam de clientes, estatutários ou regulamentares;
  1. Consolidar e reforçar a orientação de todos os colaboradores para o mercado e para o conhecimento, de modo a acrescentar valor nos projetos realizados, a assegurar a sustentabilidade financeira e a satisfazer os clientes e parceiros;
  1. Cumprir com a gestão do conhecimento individual e coletivo, para que estejam reunidas e sejam desenvolvidas as competências e o conhecimento técnico-científico necessários e adequados à capacidade de entregar valor acrescentado aos clientes e parceiros;
  1. Aceitar a melhoria contínua, individual e coletiva, como um dos principais valores, baseado em boas práticas, feedback das partes interessadas e na participação de todos os colaboradores;
  1. Ser capaz de envolver investigadores da academia, com foco no Centro de Investigação ALGORITMI da Universidade do Minho, para o desenvolvimento da atividade de investigação aplicada, em complementaridade com as equipas do CCG, e contribuir para a geração de conhecimento científico orientado para as necessidades específicas do mercado;
  1. Estimular e desenvolver as competências dos colaboradores, promover a sua satisfação e motivação, a sua criatividade, sentido de responsabilidade e ética.

O CCG obteve em fevereiro de 2018 a dupla certificação ISO 9001 (Gestão da Qualidade) e NP 4457 (Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação) atribuída pela APCER - Associação Portuguesa de Certificação.

Esta dupla certificação abrange a totalidade das atividades de investigação, desenvolvimento e inovação nas áreas da computação gráfica, tecnologias de informação, desenvolvidas pelo CCG - Centro de Computação Gráfica.