5G-MOBIX: já arrancou a revolução em Mobilidade Conectada e Automatizada!

Já foi lançado oficialmente o muito aguardado projeto europeu 5G-MOBIX.

Este projeto é um Plano de Ação 5G integral para a Europa que reúne um forte compromisso de dezenas de instituições e um conjunto de iniciativas ousadas que vão revolucionar a conectividade no velho continente.

O arranque do projeto decorreu em Bruxelas, a 27 de novembro, e o Centro de Computação Gráfica (CCG) marcou presença neste pontapé de saída oficial, na qualidade de parceiro deste projeto da União Europeia (UE).

Foto de grupo dos parceiros do 5G-MOBIX no arranque oficial projeto, com João Moutinho e Carlos Silva, Coordenadores de Desenvolvimento dos DIAs UMC e PIU

Fonte: ERTICO

5G-MOBIX: objetivo

Este novo projeto visa garantir que a UE possa usar a conectividade 5G como vantagem estratégica para liderar a transformação digital e, em particular, na área de Mobilidade Conectada e Automatizada.

O 5G-MOBIX definirá cenários de implantação, identificará e responderá às lacunas de padronização e espectro, e compreenderá os cenários críticos que exigem a conectividade avançada fornecida pelo 5G.

Resultados esperados

Este grandioso projeto europeu vai revolucionar a conectividade e a mobilidade tal como as conhecemos.

Permitindo velocidades de telecomunicações móveis 1000 vezes mais rápidas do que 4G, juntamente com diminuição da latência e o aumento da confiabilidade, além de consumir muito menos energia, as possibilidades oferecidas pela telecomunicação 5G são enormes e asseguram que ela se tornará uma parte fundamental da infraestrutura de rede da sociedade nos anos que se avizinham.

A implementação de infraestruturas de conectividade 5G ao longo das principais vias de transporte é essencial para o desenvolvimento de soluções de condução/mobilidade conectadas e automatizadas na Europa.

A aceitação progressiva destas soluções permitirá reduzir o número de instalações rodoviárias, o congestionamento rodoviário e as emissões nocivas, e terá também implicações sociais, como assegurar uma mobilidade inclusiva para pessoas idosas e pessoas com deficiência, melhorando ao mesmo tempo a conexão das regiões isoladas.

Com as tecnologias 5G serão melhoradas várias facetas da mobilidade autónoma, como a ultrapassagem cooperativa, a fusão de faixas rodoviárias, operações de estacionamento de camiões, estacionamento, condução de ambientes urbanos, deteção de utilizadores rodoviários e controlo remoto de veículos, através de atualização de mapas HD, media e entretenimento.

Aplicação

O 5G-MOBIX oferecerá ao setor de mobilidade a oportunidade de examinar as implicações do 5G e seu papel no futuro da condução autónoma por meio de testes em corredores transfronteiriços em toda a Europa, China e Coreia.

O lançamento coordenado de 5G em todos os Estados-Membros da UE decorrerá até ao final de 2020, e um rápido escalonamento de implantação de infraestruturas ocorrerá até 2025, para garantir a cobertura urbana completa, e a cobertura 5G ininterrupta ao longo das principais vias de transporte (estradas e ferrovias).

Participação do CCG no 5G-MOBIX

Coordenado pelo ERTICO – ITS Europe, o projeto 5G-MOBIX reúne 46 parceiros de toda a Europa, entre eles o CCG, por intermédio dos domínios de investigação aplicada PIU (Perception, Interaction and Usability) e UMC (Urban and Mobile Computing).

Com este projeto o departamento de Percepção, Interação, e Usabilidade terá oportunidade de se tornar pioneiro na investigação do impacto que a tecnologia 5G terá nos seus utilizadores. Será o principal promotor do projeto para a área dos fatores humanos, sendo líder da tarefa onde decorrerão os estudos europeus de aceitação/aceitabilidade da tecnologia e dos use cases potenciados pelo 5G. Por último, o PIU contribuirá também para os estudos do impacto social e económico da adoção das tecnologias 5G em contexto rodoviário.

O departamento Urban and Mobile Computing irá ser responsável pela coordenação técnica dos parceiros portugueses do corredor transfronteiriço Porto-Vigo e irá colaborar no desenho, planeamento e execução de casos de uso utilizando comunicação 5G. Com este relevante projeto, que contará apoio de investigadores da Universidade do Minho, o CCG posiciona-se estrategicamente na investigação em sistemas de comunicação avançados, como o 5G, no contexto de utilização dos veículos conectados, cooperativos e automatizados (CCAM). As possibilidades que esta tecnologia trazem à computação móvel e urbana tornam este projeto extremamente aliciante à ação deste departamento.